Horário de trabalho flexível pode melhorar desempenho do funcionário

horario de trabalho flexivelVocê já parou pra pensar em quantas vezes utilizou a frase “nem adianta começar isso agora, daqui a pouco tenho que trabalhar” ou “não poderei ir, terei que trabalhar cedo no dia seguinte”? Deixamos de fazer muitas coisas na nossa vida pessoal por causa do horário de trabalho, podendo prejudicar diretamente o nosso bem-estar.

A verdade é que muitos vivem em função do seu horário de trabalho (ou seria “deixam de viver”?). Assim, acabam deixando de lado ações mais saudáveis e importantes para o bom funcionamento do corpo, em troca da “satisfação” em cumprir a rotina.

Uma solução testada para esse caso seria o esquema de horários flexíveis, adotado em algumas empresas. Em um estudo liderado por Phyllis Moen, do Departamento de Sociologia da Universidade de Minnesota, percebeu-se que a qualidade de vida dos funcionários melhorou ao obterem o controle de suas horas.

O estudo ainda apontou que eles conseguiam dormir quase uma hora a mais na noite anterior, não se sentiam tão obrigados a trabalhar quando doentes e sentiam-se mais propensos a procurar um médico quando necessário. Além disso, possuíam mais energia no dia a dia, o que também deve gerar melhores resultados no trabalho.

Mesmo que muitas empresas pensem que o que importa é o resultado obtido pela própria, é preciso lembrar que o bom resultado no trabalho é diretamente ligado à qualidade da vida pessoal do funcionário. A tendência é que quanto maior o bem-estar, melhor o funcionamento do corpo e, consequentemente, melhores resultados serão obtidos. Sem contar que, muitas vezes, os próprios consumidores dirigem-se a empresas que oferecem melhores condições de trabalho aos funcionários.